Ctrl+C..Ctrl+V / M-E-D-O!! / Make-up / Post this

Dando um help!

Quem aí nunca sofreu com um tratamento que deu errado, um corretivo ou uma base mais clara, um bronzer em excesso ou um simples batom no dente!? A grande variedade de produtos e informação (sim, a gente se sente mais valente pra tentar de tudo depois de assistir a um tutorial bem feito no “Youtuba”!), nos incentiva a arriscar mais, mas não nos protege de eventuais sufocos. Nunca estamos 100% salvas de pesar a mão, se borrar ou coisa parecida.. mesmo que usando o melhor do melhor dos produtos que se tem nas prateleiras.

Pra ajudar nesses momentos, resolvi fazer uma pesquisa sobre os mais comuns erros de beauty. E pra tirar todas as dúvidas, ajudando a “consertar” e prevenir esses acidentes de beleza tão comuns, recorri a um artigo recente do Garotas Estúpidas e a alguns vídeos de queridas do Youtube. Confira:

  • (1) EFEITO PANDA INVERSO – Esse mico antes era mais visto nas celebs (que eram bombardeadas de flashes nos red carpets e só viam o clique depois). Pra evitar o efeito, Nádia Tambasco, do salão Marcos Proença, dá a dica:“Escolha seu corretivo apenas 1 (UM) tom abaixo da sua pele. Comprar um mega claro só vai ressaltar mais ainda – com flash então, piorou! Lembre de maneirar no produto quando pegar aquele bronze (comprar paletas com vários tons são uma boa opção pra esses casos, porque aí dá pra misturar!) e aplique iluminador somente nas têmporas, nunca na própria olheira!
  • (2) EFEITO CENOURA – Sabe aquele creme autobronzeador que você morre de medo de usar? Sabe como ele funciona? É a base de dihidroxiacetona (DHA), substância que, em contato com a queratina que fica na superfície da pele, provoca uma reação química que a tinge temporariamente. Para ser feliz na aplicação, esteja com a pele limpa e devidamente esfoliada – o esfoliante remove o excesso de queratina, deixando a pele mais uniforme e pronta pra receber o produto. Mas se algo der errado, só tem uma saída pra retirar o bronze mais rápido: muitos banhos ao dia, não tem jeito! hehe Se for de banheira, melhor ainda..
  • (3) FIOS TOSTADOS – Usa o combo secador/chapinha com frequência e sem proteção? Cuidado, você pode estar tostando seu cabelo sem perceber! O calor manda pro beleléu a água e as proteínas que revestem os fios, deixando a juba aquela palhoça! kkkk Pra recuperar o prejuízo, mande ver nas hidratações e peça sugestão de um tratamento mais intenso pro seu cabeleireiro. O ideal é fazer um bem poderoso primeiro (tipo cauterização etc), dar um tempo na chapinha, fazer um corte legal e depois ir mantendo as hidratações mais “leves” em casa.
  • (4) BATOM NO DENTE – Helloowwww! Kkkk Ninguém merece ser avisado pela amiga (or worst, pelo paquera!) que tá rolando um Ruby Woo na dentadura né? Batons cremosos e escuros nos deixam mais vulneráveis a esse mico, mas Nádia ensina como evitar: “Tem aquele truque prático de “chupar” o dedo indicador que salva na balada e afins, mas acho melhor enrolar um lencinho de papel no dedo antes de sair e colocar na boca, girando pra “limpar” a parte interna dos lábios!”
  • (5) AI QUE BIFÃO! – Ouch!!! Quem nunca passou por isso na manicure ou até brincando com o alicate em casa? Depois que a bagunça está feita, precisa cuidar da mini inflamação pra que ela não aumente. Lave bem o local, não cutuque de jeito nenhum e, caso não melhore, aplique uma pomadinha antiinflamatória.
  • (6) CHAPINHA ASSASSINA –  Atire o primeiro laquê quem nunca deu aquela velha queimadinha na orelha/pescoço (ou pelo menos passou perto!)  enquanto ahazava no babyliss? Expert ou não, basta estar com um pouquinho de pressa no processo, pro acidente acontecer. O procedimento de cuidados é igual a uma queimadura normal: como nesse caso elas geralmente são superficiais, a dermatologista Juliana Fontan indica que basta lavar o local com água fria e corrente pra aliviar e ,se necessário, aplicar um creme com corticosteróides 2x ao dia – com indicação de um médico, claro. ATENÇÃO: Evite tomar sol pra não deixar manchas e nada de passar pasta de dente, manteiga etc.
  • (7) MONSTRINHA DO DEPIL – Sassá, best depiladora ever lá de Dorinha, ensina: “Para evitar a foliculite, esfolie a área a ser depilada uns 2 dias antes e lave com sabão anti-séptico, isso evita o aparecimento daquelas bolinhas chatas. No caso de vermelhidão, deixe a pele livre de cremes e cosméticos por algumas horas e, se a irritação persistir, consulte uma dermatologista sobre a utilização de cremes/pomadas a base de corticóide pós depilação.
Reportagem by Garotas Estúpidas

Para acabar com as dúvidas que restam, separei dois vídeos para vocês assistirem e pararem de uma vez por todas de cometer erros no make!

E vocês meninas? Já sofreram com algum desses ou outros problemas?! Contem as dicas nos comentários!

xoxo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s